Saiba como impressoras 3D poderão ajudar na exploração da Lua


Há muito tempo a humanidade vigia a Lua e, desta vez, parece estar mais próxima do que nunca dela. Pesquisadores da Agência Espacial Europeia (ESA) desenvolveram um projeto para enviar ao satélite natural da Terra robôs equipados com impressoras 3D e, lá, construir casas que possam abrigar os cientistas designados à primeira fase do projeto.

De acordo com a maquete da operação, as ferramentas de construção serão enviadas em um módulo de aterragem com dois robôs e um domo inflável. Os robôs levarão, na parte dianteira, dois tanques com o material da impressão e, na parte traseira, um braço com um dispositivo móvel para executar o projeto. A ideia é cobrir a estrutura do domo com rególito, material presente no solo da Lua. Lá, se instalarão até quatro astronautas, que serão encarregados das tarefas locais, como manter a estrutura pressurizada.

Esse não é o único projeto que planeja utilizar a nova tecnologia no espaço: “Made in Space” é uma organização que promove o uso de impressoras 3D em missões espaciais e, junto com a NASA, tentará incluí-las a bordo da Estação Espacial Internacional (EEI), para que os astronautas imprimam os materiais necessários quando precisarem.

Confira o vídeo sobre o projeto que poderá instalar uma base científica na Lua:

 

Comentários

Hot da semana

O estranho e inexplicável fenômeno da chuva de pedras

3 técnicas de memorização poderosas no estudo para Concurso

Ostentando na Venezuela: O cara que comprou um país inteiro com apenas 100 euros

04 maneiras de tomar o controle da sua vida

La Pascualita - A Noiva Cadáver do México