Objeto do Antigo Egito é encontrado em túmulo de 3.400 anos na Dinamarca e intriga cientistas


Pesquisadores estavam intrigados com um achado que sugeria um desencontro no espaço-tempo histórico: uma conta, tipicamente egípcia, foi encontrada junto ao túmulo de uma elegante mulher, enterrada na Dinamarca há 3.400 anos. Após analisar com cuidado os objetos que foram enterrados junto à mulher na Dinamarca, chegou-se à conclusão de que a esfera de vidro azul que ela carregava na sepultura foi feita, segundo detalharam os estudos do laboratório, na mesma oficina do Egito em que foi fabricado o vidro do vaso que apareceu junto ao cadáver de Tutancâmon, em 1.323 a.C.

De acordo com o artigo publicado pela revista Sciende Nordic, essa descoberta abre um campo vasto de possibilidades de pesquisas sobre rotas comerciais da Dinamarca e das civilizações do Egito e da Mesopotâmia, na Idade do Bronze. A mulher das pedras egípcias foi enterrada em um tronco de carvalho encontrado a 40 km do sul da atual Copenhague. Os pesquisadores afirmam que ela foi sepultada de um modo extravagante, com um cinto, uma saia e uma pulseira de contas de âmbar, na qual foram encontradas as pedras provenientes do Egito.

Fonte e imagens: La Gran Época

Hot da semana

Dica de filme: Coerência (Coherence) - O que há de quântico em um jantar entre amigos?

Top 10 Países Mais Racistas do Mundo

10 Histórias de Navios Fantasmas

Dossiê: Noite Oficial dos OVNIs - 19 de Maio de 1986

O estranho e inexplicável fenômeno da chuva de pedras